[26 de agosto de 2008]

Décimo Quinto

Certezas me trazem incerteza. Posso soar um tanto confusa (o que de fato sou), mas sempre que começo a ter certeza sobre algo, qualquer coisa, independente do motivo, começo a me questionar sobre. O que me faz ter certeza de algo, se não tenho certeza nem sobre o que quero ou mesmo quem sou?

O que quero hoje, amanhã não irei mais querer. O que procuro hoje; amanhã, farei questão de perder novamente.

Idéias ficam destorcidas frente a decisões, a razão corre para longe de mim quando mais preciso dela, e me sobra apenas a certeza da incerteza. Novamente.



- Postado por Anônimo às 21:37.

---------------------------------------------------------

[Postagens Anteriores]

- Trigésimo terceiro
- Trigésimo segundo
- Trigésimo primeiro
- Trigésimo
- Vigésimo nono
- Vigésimo oitavo
- Vigésimo sétimo
- Vigésimo sexto
- Vigésimo quinto
- Vigésimo quarto


[Arquivos]

- Outubro 2007
- Novembro 2007
- Dezembro 2007
- Janeiro 2008
- Fevereiro 2008
- Março 2008
- Abril 2008
- Agosto 2008
- Setembro 2008
- Dezembro 2008
- Março 2009
- Junho 2009
- Julho 2009
- Agosto 2009
- Outubro 2009
- Novembro 2009
- Dezembro 2009
- Janeiro 2010
- Julho 2010


[Powered-by]

Powered by Blogger