[25 de agosto de 2009]

Vigésimo sétimo

Em um passado recente, aprendi algumas lições importantes.
Primeira: sentimentos não pensam, instintos devem ser ouvidos.
Segunda: Pessoas não são boas até que se prove o contrario, pessoas são descartáveis até que se prove seu valor.
Terceira e principal: você achar que superou algo, não quer dizer que seja verdade. Só se pode dizer que algo foi de fato superado, quando você bate de frente com isso e não tem recaídas ou sente algum tipo de dor.


Ser frio e calculista é o caminho mais curto para a felicidade profissional e a calma mental. Uma pena que, se você deixa de sê-lo por um momento, é difícil lembrar como se recuperar esse dom.


- Postado por Anônimo às 22:04.

---------------------------------------------------------

[11 de agosto de 2009]

Vigésimo sexto

Sinto ter que dizer-te a verdade tão friamente, mas estar ainda presa a ti, seria como se ater a um tempo estático, onde nada acontece e o mundo não gira; onde outras pessoas não existem, e a felicidade é como um conto de fadas.

A felicidade que me recusastes, me será trazida por alguém. O amor uma vez desperdiçado em ti, me será devolvido, e então, você verá que podias ter sido esse alguém, e que tentei fazê-lo sê-lo, mas enquanto eu me ocupava com insólita ilusão de que você seria a pessoa certa, você se preocupava em mostrar aos outros o que não é.

Agora, minha ilusão teve um fim, e a sua acaba de começar. Tarde demais, a ilusão uma vez desfeita, não pode ser remontada. E o fato de você ter parado no tempo, não fez meu relógio parar de correr.



- Postado por Anônimo às 16:11.

---------------------------------------------------------

[7 de agosto de 2009]

Vigésimo quinto

Plano, planos, planos. Tenho centenas deles traçados em minha cabeça, pouquíssimos colocados em prática. E um único que realmente funciona. Esperar o inesperado. A única certeza, é o incerto. Cada segundo que chega, pode fazer uma vida virar de ponta cabeça. Cada pessoa que atravessa seu caminho, pode mudar sua vida por completo. A única solução possível é mergulhar de cabeça, se deixar surpreender e acreditar que tudo acontece pra moldar quem você é. Momentos tristes ou felizes; não importa, cada um teve uma grande influencia no seu modo de ver o mundo, no seu caráter. E a forma como você os encara, é que mostra quem você realmente é.
Seja plenamente feliz, quando a felicidade aparecer em sua vida, aproveite cada lágrima, como uma lição, como aquele tapa na cara que faltava para você entender que nem tudo é perfeito, principalmente quando se lida com sentimentos. Agarre cada sonho e o persiga, mate cada vontade que sentir. Mas principalmente, seja quem você quer ser.
E lembre-se, a única certeza é que a vida é feita de surpresas, as quais, você não pode controlar, mas pode aproveitar.


- Postado por Anônimo às 21:36.

---------------------------------------------------------

[Postagens Anteriores]

- Trigésimo terceiro
- Trigésimo segundo
- Trigésimo primeiro
- Trigésimo
- Vigésimo nono
- Vigésimo oitavo
- Vigésimo sétimo
- Vigésimo sexto
- Vigésimo quinto
- Vigésimo quarto


[Arquivos]

- Outubro 2007
- Novembro 2007
- Dezembro 2007
- Janeiro 2008
- Fevereiro 2008
- Março 2008
- Abril 2008
- Agosto 2008
- Setembro 2008
- Dezembro 2008
- Março 2009
- Junho 2009
- Julho 2009
- Agosto 2009
- Outubro 2009
- Novembro 2009
- Dezembro 2009
- Janeiro 2010
- Julho 2010


[Powered-by]

Powered by Blogger